Coordenador : João Marcos Viana de Quadros Bittencourt
Ano: 2021
Publico Alvo : O público alvo do projeto envolve os policiais peritos do Estado do Rio de Janeiro. As embalagens periciais irão apoiar o trabalho de coleta desses agentes de segurança, ajudando-os a aumentar a qualidade e confiabilidade de seu trabalho. Apesar de não termos números exatos de quantos servidores esse projeto poderá beneficiar, o material desenvolvido atenderá demandas de servidores de unidades diferentes como o Instituto de Criminalística Carlos Éboli e o Instituto Médico Legal Afrânio Peixoto. Indiretamente, esse projeto atende a sociedade de uma maneira geral contribuindo com o processamento evidências de crimes e, desejavelmente, contribuindo com a prisão de criminosos.
Local de atuação: TDT
Resumo
Esse projeto se insere na temática de equipamentos técnicos para polícia pericial do Rio de Janeiro. Esse projeto visa desenvolver produtos que sejam usados por policiais para coleta de amostras e evidências em cenas de crimes ou material aprendido. Atualmente as condições de coleta desse manteria são feitos com produtos improvisados colocando em risco o controle da evidência durante a cadeia de custodia. O trabalho será feito de maneira interdisciplinar em colaboração com peritos e técnicos das unidades de polícia forense do estado do Rio de Janeiro. O método de estudo está baseado na Análise Ergonômica do Trabalho que preconiza um acompanhamento das situações de trabalho no local e um diálogo aberto com usuários sobre as soluções que serão implementadas. O projeto está inserido em um projeto maior desenvolvido em parceria com a Policia Civil que visa além do desenvolvimento de embalagens, a revisão de processo da cadeia de custodia e desenvolvimento de software para controle do material. Mesmo que presente projeto se ocupe apenas do primeiro, a articulação com as equipes responsáveis com as demais frente é essencial para o desenvolvimento de material articulado com o processo e o sistema da polícia. Esperamos contribuir com a melhoria da condições de trabalho de peritos e servidores da polícia.