Coordenador : Fabio Roberto Barbolo Alonso
Ano: 2021
Publico Alvo : Este curso é destinado ao público em geral que deseje reavaliar e reorientar suas práticas de trabalho, em especial gestores, administradores, gerentes e profissionais em geral que tenham a possibilidade de implementar e incentivar valores e condutas em suas organizações, assim como influenciar ou educar cidadãos nas suas respectivas atividades de trabalho.
Local de atuação: STA
Resumo
A proposta deste curso é discutir a ideia de Espiritualidade nas organizações e as suas possibilidades de aplicação prática nos ambientes de trabalho. Partindo dos princípios básicos da noção de espiritualidade, no caso as crenças na transcendência da vida material e a busca pelo sentido existencial, iremos discutir estratégias e modelos de organização das atividades laborativas que possam favorecer estes aspectos na vida de cada indivíduo. Pensar a ideia de espiritualidade nas organizações significa pensar um ambiente de trabalho que favoreça o desenvolvimento interior e a realização pessoal de cada sujeito. O trabalho estaria se integrando, desta forma, aos aspectos pessoais e íntimos da vida de cada sujeito, pois estaria relacionado aos objetivos de vida, características pessoais e à própria vida fora do trabalho. Daí a ideia de transcendência no trabalho, que significa incluir e entender este aspecto das nossas vidas como parte da nossa essência pessoal, da nossa missão de vida e do nosso desenvolvimento, que deve possuir um sentido para além da provisão material. A partir destes princípios, iremos debater questões como a importância do incentivo à autonomia, à criatividade pessoal, ao diálogo nos diferentes tipos de hierarquia, à estratégias de resolução de conflitos e à relações saudáveis no ambiente de trabalho. A noção de espiritualidade nas organizações estaria assim associada à um ambiente saudável e motivador para o indivíduo, o que resultaria em funcionários produtivos e dedicados à sua atividade laborativa.