Coordenador : Ana Paula Massadar Morel
Ano: 2021
Publico Alvo : Educadores, moradores e membros dos movimentos sociais do Morro da Providência; Graduandos, pós-graduandos e professores da Universidade Federal Fluminense.
Local de atuação: SSE
Resumo
Este projeto tem como objetivo desenvolver ações pedagógicas dentro da perspectiva da educação popular em saúde que promovam a discussão sobre o negacionismo científico e como enfrentar este fenômeno, tendo como foco o problema da medicação e vacinação. A partir de uma demanda de coletivos do Morro da Providência, favela localizada no centro do Rio de Janeiro, visamos propor oficinas sobre esses temas junto a educadores e moradores da região. Tais ações serão integradas com atividades realizadas na formação inicial de professores e profissionais de saúde, em que os estudantes serão incentivados a trabalhar temas atravessados pelo negacionismo a partir de uma interação dialógica. Buscaremos promover um trabalho que capacite os futuros profissionais da saúde e professores a discutir essa temática com os diferentes espaços comunitários. Nesse intuito, serão realizados encontros entre universidade e movimentos sociais, assim como uma divulgação dos projetos educativos em saúde e materiais educativos elaborados pelos alunos com o objetivo de constituir espaços de trocas de saberes e apoiar as ações de movimentos sociais.