Coordenador : Elizandra Garcia da Silva
Ano: 2021
Publico Alvo : Alunos do Colégio CIEP-449 Brasil-França em ensino emergencial remoto e com perspectiva da abrangência de crianças e adolescentes da comunidade do Morro do Preventório; quando estivermos vacinados e voltarmos ao ensino presencial.
Local de atuação: GEF
Resumo
Durante os anos letivos de 2018 e 2019 realizamos o Projeto PRAX-CIRCENSE atuando na formação de aproximadamente 100 acadêmicos dos cursos de Educação Física e Pedagogia da UFF. Seguindo a articulação entre o ensino, a pesquisa e a extensão, e o trabalho com a intergeracionalidade, por meio da disciplina de Acrobacias e Malabares, de Ginástica/UFRJ, Programa Licenciaturas/UFF, com o Grupo de Pesquisa Prax-circense, a Residência Multiprofissional em Saúde e os Programas de extensão Prev-quedas e Desordem do movimento e a disciplina de Psicologia da Educação (Fac. Educação) adaptamos o Projeto Prax-circense na escola às necessidades especiais demandadas pelo ensino emergencial remoto, em 2020. Esse breve histórico do Projeto nos subsidiou para a elaboração de planejamento didático pedagógicos para o ensino das atividades circenses, prioritariamente presenciais e, no formato emergencial remoto, para o qual nos aportamos nas Tecnologias de Informação e Comunicação/TICs. Diante do prosseguimento das atividades educacionais emergenciais remotas para 2021, e estimando a vacinação para todos e a retomada do ensino presencial, propomos o trabalho com os dois quadros de atividades constitutivas dos relatórios finais dos projetos: presencial e remoto. O conteúdo são as atividades circenses de: acrobacias de solo, acrobacias aéreas, malabares e palhaçaria. Os alunos atendidos serão do Ensino Médio do CIEP 449/Bra-Fra, aproximadamente 150 alunos no emergencial remoto e 400 alunos e comunitários, no presencial, localizado no Morro do Preventório, comunidade para a qual pretendemos estender o Projeto, quando do retorno presencial, em parceria com o CIEP.