Coordenador : Maína Bertagna Rocha
Ano: 2021
Publico Alvo : Público geral: Público interno à UFRJ (estudantes, docentes e técnicos) e Externo Público alvo: Professores de escolas de educação básica
Local de atuação: DED
Resumo
A ação extensionista aqui apresentada visa produzir um diálogo entre os saberes em uma perspectiva interdisciplinar. De um lado, o saber acadêmico, produzido no âmbito de duas universidades federais, mediado por três grandes áreas, geografia, pedagogia e biologia, observadas pela perspectiva do ensino de geografia e do ensino de ciências. De outro lado, o saber escolar, derivado das práticas e da reflexão produzida pelos docentes e discentes de escolas dos municípios do Rio de Janeiro, Niterói e Angra dos Reis. E, por fim, pelo saber derivado do senso comum, apoiado no aprender-fazer e na cultura popular, mediada, hoje, pelos dispositivos virtuais e pelas redes sociais. Este diálogo será construído a partir da perspectiva da democratização da ciência dentro de uma visão cívica e de publicização da produção dos saberes. Inicialmente, o curso versará sobre o tema da alfabetização científica, sobre a natureza dos saberes e suas diversas linguagens, conceitos e significações. A ideia é criar um ambiente virtual de diálogos e de práticas onde tais saberes podem ser socializados para contribuir com uma melhor resposta aos desafios futuros relacionados às temáticas sanitárias e ambientais do século XXI. Trata-se de uma colaboração entre o Departamento de Geografia da UFRJ e o Departamento de Educação da UFF de Angra dos Reis.