Coordenador : Frederico Policarpo
Ano: 2021
Publico Alvo : O público alvo do projeto são os alunos da Escola Estadual Walter Orlandine, assim como os professores e funcionários do local. Buscamos através deste projeto estreitar os vínculos acadêmicos e profissionais com os alunos através da interlocução entre a universidade e a escola pública, abordando de maneira acadêmica, preventiva, informativa e educativa questões relacionadas a administração de conflitos que envolvam situações de uso e abuso de drogas lícitas e ilícitas no ambiente escolar. Esta cartilha virtual poderá ser utilizada inclusive como material didático. Portanto, nosso público alvo são os membros da escola que participam ativamente da administração de conflitos escolares que envolvam o uso e o abuso de drogas, e também membros da escola que estão inseridos em contextos de uso e abuso de drogas. Os número de membros das Instituições Governamentais Estaduais representa uma estimativa do público que pode ser alcançado com o projeto, incluindo professores, funcionários e alunos da Escola Estadual Walter Orlandine.
Local de atuação: DSP
Resumo
O objetivo da presente proposta é contribuir para a integração entre professores e estudantes de escolas públicas com professores e estudantes da Universidade Federal Fluminense através da difusão e da produção de estudos sobre o campo da Segurança Pública e da administração de conflitos, tendo como ênfase a abordagem preventiva à abusos de drogas lícitas e ilícitas. O projeto foi elaborado por pesquisadores do Núcleo de Estudos sobre Psicoativos e Cultura (PsicoCult), grupo de pesquisa vinculado ao Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos (INCT-InEAC). A perspectiva é a das ciências sociais, notadamente a antropologia. Toma-se como base os projetos acadêmicos realizados desde o ano de 2016 no Colégio Estadual Walter Orlandine, localizado no município de São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro. Estes projetos contam com o apoio do CNPq através da concessão de bolsas de Iniciação Científica Junior para alunos de Ensino Médio, e tiveram como resultado mais notável até o momento a produção de conhecimento acerca das múltiplas naturezas dos conflitos escolares e a socialização acadêmica de jovens estudantes da rede pública de ensino. Portanto, este projeto visa ampliar o alcance do trabalho já realizado, por meio de reuniões de pesquisa, palestras, seminários, oficinas e grupos focais, que subsidiarão a produção de uma cartilha virtual com características informativas e preventivas sobre o abuso de drogas lícitas e ilícitas, seja no ambiente escolar ou não.