Coordenador : Róberson Sakabe
Ano: 2021
Publico Alvo : Este projeto de extensão visa atender o maior número de produtores rurais e funcionários que trabalham na área de piscicultura, seja de peixes de engorda ou ornamentais buscando o desenvolvimento deste segmento no estado do Rio de Janeiro. Também trabalha com a comunidade de aquariofilistas e hobbistas buscando a difusão de tecnologia sobre aquarismo, bem estar animal e impacto ambiental. Acadêmicos de Medicina Veterinária, Ciências Biológicas e/ou Engenharia Agrícola e Ambiental, pós-graduandos e demais profissionais da área também estão envolvidos no projeto (docentes, pesquisadores e técnicos).
Local de atuação: MZO
Resumo
Com o intuito de promover o desenvolvimento sustentável da cadeia produtiva de peixes no estado do Rio de Janeiro (RJ), este Programa de Extensão visa trabalhar com as pisciculturas e estabelecimentos comerciais e implementar um programa de assistência técnica direcionado aos produtores rurais de peixes de corte e ornamentais e aqueles que comercializam. No entanto, desde o ano passado, devido a situação mundial da pandemia da Covid-19, nossas atividades tiverem que ser reformuladas e passamos a promover de forma remota temporariamente este Programa de Extensão. Este ano, estão sendo levantados os mais importantes assuntos e tecnologias atuais de produção e formulados diversos materiais técnicos práticos para distribuição virtual nas plataformas digitais do Laboratório de Aquicultura e Pesca (LAP/ UFF). Além disso, como no ano passado, iremos realizar alguns eventos remotos com diversos assuntos importantes ligados à area, convidando palestrantes renomados para debatermos e promover a difusão de tecnologia desta cadeia. Canais de comunicação através das redes sociais do nosso Laboratório, e-mail, telefone para a interação com o público alvo estão disponíveis. Visitas técnicas, análise de peixes e novos cadastros estão suspensos a princípio até a retomada presencial e segurança de todos. Reuniões quinzenais estão sendo realizadas para o planejamento e reformulação de atividades remotas que podem ser empregadas neste cenário atual, buscando promover o mínimo de prezuízo. Desta forma, este Programa, mesmo diante da pandemia, trabalha de forma continua, fortalecendo esta Cadeia Produtiva por meio da extensão associada ao ensino e pesquisa.