Coordenador : Armando Cypriano Pires
Ano: 2019
Publico Alvo : O projeto Ecorráuze: Vivências e formação permanente visa atingir o corpo discente, docente e técnico administrativo da Universidade Federal Fluminense, por meio da elaboração do manual, publicação de artigos, oficinas dentro dos campi da instituição, en
Local de atuação: MPS
Resumo
Observados os altos impactos ambientais causados pelos hábitos de vida urbanos, este projeto estuda e aplica técnicas em permacultura viáveis socioeconômico e ambientalmente e produzir tecnologias sociais ampliando autonomia dos cidadãos, auxiliando na criação de territórios mais saudáveis e produtores dentro da agroecologia. Com enfoque no domínio do espaço socialmente construído, o projeto inclui atividades de aprendizagem ecológica, com realização de oficinas e vivências que tratam do uso de tecnologias para reaproveitamento de água, tratamento de efluentes e reutilização de resíduos sólidos, telhado verde, compostagem e construções com material natural, horticultura, sementeiras, sistemas agroflorestais entre outros. As vivências possibilitarão a difusão dos temas de bioarquitetura, permacultura e agroecologia e incentivará a implementação das técnicas apresentadas nas próprias residências dos estudantes de diversos cursos da universidade. Cada vivência será antecedida por pesquisa e debate teórico acerca da técnica/tecnologia que será aplicada, e através de grupo de estudo permanente se pretende fomentar a troca entre os participantes. Além disso, pretende-se utilizar as vivências como fonte de dados para futuras análises de eficiência das técnicas/tecnologias e de reflexão para promover a inserção de ‘espaços disciplinares de extensão’ no novo desenho pedagógico do curso de Engenharia Ambiental da UFF