Coordenador : Aline Emerim Pinna
Ano: 2019
Publico Alvo : O público-alvo do projeto são os médicos veterinários da instituição, autônomos e estudantes de graduação em medicina veterinária. A cada encontro são esperados em torno de 15 pessoas para os ciclos de atualizações. Estarão envolvidos diretamente na orga
Local de atuação: MCV
Resumo
A prática em educação permanente é um processo político-pedagógico que trata de colocar o cotidiano profissional em constante evolução e adaptação. Com esse pensamento, a Medicina Veterinária (MV) evolui para tornar seus diagnósticos cada vez mais exatos. O setor de diagnóstico por imagem torna-se indispensável à rotina da clínica veterinária, por proporcionar a MV um diagnóstico complementar preciso e rápido. Das técnicas mais utilizadas, destacamos o raio x e o ultrassom por serem exames não invasivos, de fácil realização, sem a necessidade de grande contenção animal, podendo assim, indagar ou revelar precisamente uma patologia, ou outros danos ao animal. Pelo fato de lidarmos com vida, precisamos aprimorar nosso conhecimento a cada oportunidade. Portanto, temos a oportunidade de fazer essa conexão entre o mundo acadêmico e a rotina profissional estimulando a cada vez mais a educação permanente e continuada. Logo, nosso objetivo é capacitar de médicos veterinários e estudantes de graduação em MV com intuito de conhecer, divulgar e aperfeiçoar novas técnicas de diagnóstico e tratamentos. O projeto é baseado em eventos informativos e educativos, ciclo de palestras, simpósios, encontros e dinâmicas práticas para médicos veterinários e estudantes de graduação em MV voltados para identificação da doença, diagnóstico e tratamento da mesma. Serão utilizadas as instalações da Fazenda Escola da Universidade Federal Fluminense e no Hospital Veterinário Professor Firmino Marciso Filho, dependendo da temática abordada no evento. O projeto será autofinanciável e pretende-se investir em material durável para se tornar patrimônio da nossa unidade de ensino.