Coordenador : Itaynara Batista
Ano: 2019
Publico Alvo : Alunos oriundos de escolas públicas do ensino fundamental e médio da Região Sul Fluminense (Volta Redonda e Rio Claro) e cidade de Niterói
Local de atuação: GGE
Resumo
O solo influencia o meio de vida de muitas maneiras, sendo o alicerce da vida nos ecossistemas terrestres. A falta de conservação do solo promove um crescimento contínuo dos problemas ambientais tanto em áreas urbanas, quanto em áreas rurais tais como: erosão, poluição, deslizamentos, assoreamento de cursos de água, etc. Apesar da importância do solo para o ser humano, o conteúdo solos, embora abordado nos Parâmetros Curriculares Nacionais, apresenta problemas em sua implantação, por causa de falhas nos livros didáticos e na formação básica e continuada dos professores. As escolas localizadas em centros urbanos, muitas vezes, os estudantes destas áreas não percebem que o solo apresenta importância, pois, há contextualização para a atividade agrícola, não se aproximando da realidade da maioria destes alunos. Há necessidade de discutir mais e melhor a importância do solo e as Universidades podem auxiliar os professores do Ensino Fundamental no entendimento do solo, por meio de suas funções de extensão. Este trabalho tem como objetivo:promover o interesse para a sua conservação, uso e ocupação sustentáveis; desenvolver a conscientização sobre a importância do solo no meio ambiente, popularizando e ampliando o conhecimento científico acerca do solo; auxiliar na construção do conhecimento de crianças e jovens do Ensino Fundamental e Médio de escolas públicas da zona rural e urbana sobre o solo, seus constituintes e propriedades; avaliar as percepções de estudantes de escolas rurais e urbanas acerca do solo, sua importância e formas de conservação.