Coordenador : Vladimir de Carvalho Luz
Ano: 2019
Publico Alvo : Comerciantes ambulantes, integrantes de religiões de matrizes africanas, mototaxistas, profissionais do sexo e pessoas em situação de rua. movimentos sociais urbanos e suas entidades organizativas.
Local de atuação: DSP
Resumo
Trata-se de uma atividade de extensão na modalidade Projeto, com a qual a equipe interdisciplinar de extensionistas da Universidade Federal Fluminense organiza e executa atividades de Assessoria Popular com grupos urbanos de grande vulnerabilidade social em Niterói (RJ). A partir de metodologias e abordagens participativas, a equipe extensionista da UFF estabelece com a comunidade processos de identificação dos principais conflitos que demandam ações de mediação e administração no espaço urbano. Após a identificação destas principais demandas, a equipe extensionista elabora, junto à comunidade, um plano de ação que pode se caracterizar como uma atividade de organização comunitária, cursos, oficinas, prestações de serviço, atividades culturais, dentre outras ações de extensão que estabeleçam um elo entre os saberes da Universidade com os saberes e as demandas dos setores populares em Niterói. O foco central, como o próprio nome do projeto indica, esta em colocar a UFF cada vez mais presente e atuante nas Ruas de Niterói. Nessa perspectiva, a Rua passa a ser vista como o locus principal por onde a convivência cotidiana se realiza com seus conflitos e demandas que desfiam saberes e tecnologias sociais. Busca-se, assim, articular ensino, pesquisa e extensão com (e a partir) das demandas de setores populares importantes para a vida da cidade de Niterói. Nessa perspectiva, os grupos urbanos que serão articulados prioritariamente são: trabalhadores ambulantes, grupos de religiões de matrizes africanas, mototaxistas, pessoas em situação e coletivos LGBTI.