Coordenador : Miriam Marinho Chrizóstimo
Ano: 2019
Publico Alvo : Alunos de Enfermagem da Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, da Universidade Federal Fluminense.
Local de atuação: MFE
Resumo
Este trabalho tem como proposta aplicar a Cinematerapia explorando o potencial de entretenimento das obras cinematográficas, com ênfase no potencial recreativo, facilitando assim o processo pedagógico. A proposta da atividade será exibir durante 3 semanas 1 sessão de filme as quintas-feiras no horário de 12:00 às 14:00 para os acadêmicos de enfermagem. À ser realizado no auditório Professora Doutora Rosalda Cruz N. Paim que possui capacidade de 100 lugares e fica localizado na Escola de Enfermagem Aurora Afonso Costa. E como público alvo os alunos de Enfermagem da Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, da Universidade Federal Fluminense. Dito isto, Braga (2017) afirma que os universitários tendem a sair do equilíbrio psíquico ao tentar lidar com toda a rotina corrida demandada pela universidade além de lidar com sua vida particular fora do âmbito acadêmico, o que acarretam na frustração e no não bem-estar consigo mesmo e com os outros. O uso do cinema como atividade tem a proposta de estimular a prática de lazer dos universitários e amenizar o nível de estresse, o qual é o principal debilitador da saúde mental. Diante disso, espera-se com o uso desta ferramenta promover a saúde mental dos estudantes para a melhora da qualidade de vida e também funcionar como uma válvula de escape para o estresse diário causado pela universidade. A relevância deste projeto para a equipe executora é possibilitar o bem estar mental dos estudantes com atividade não habitual na faculdade.