Coordenador : Elaine Antunes Cortez
Ano: 2019
Publico Alvo : Estudantes de graduação de instituições públicas e privadas do Estado do Rio de Janeiro.
Local de atuação: MEP
Resumo
A saúde mental, saúde física e a social são fios da vida estreitamente entrelaçados e profundamente interdependentes. À medida que cresce a compreensão desse relacionamento, torna-se cada vez mais evidente que a saúde mental é indispensável para o bem-estar geral dos indivíduos e das sociedades. A importância da saúde mental é reconhecida pela OMS, na sua própria definição de saúde, como um estado de completo bem-estar físico, mental e social. Avanços na neurociência e na medicina do comportamento demonstram que, o comportamento de uma pessoa em matéria de saúde depende muito da sua saúde mental. Assim, é preciso pensar a promoção da saúde mental como ferramenta para qualidade de vida. Os estudantes de graduação precisam se adaptar a cargas horárias extensas de estudo, estágios e novas cobranças do mundo acadêmico, o que só estes são desencadeadores de estresse. Desta forma, acredita-se que criar um espaço para promover a saúde mental destes alunos contribua diretamente com a formação do futuro profissional, assim como contribua para a vida atual acadêmica. Tal fato se dá pelo projeto possibilitar a auto-reflexão e estratégias que possibilitam modos mais saudáveis de vida. O projeto é facilitador de outros projetos, tem previsão de um grupo por semestre, e envolve os docentes e discentes da graduação e pós-graduação. Ressalta-se que a descrição metodológica do projeto se encontra no item metodologia e avaliação.