Coordenador : André Luís dos Santos Queiroz
Ano: 2019
Publico Alvo : Estudantes de Graduação e Pós Graduação, Docentes de Ensino Fundamental, Médio e Universitário; Corpo Técnico de Instituições Governamentais em diversos âmbitos e esferas; Corpo técnico de Organizações não-governamentais em diversos âmbitos e esferas; Mem
Local de atuação: GEC
Resumo
Destacamos que, a este ano de 2019, estaremos devotados no âmbito do Programa de Extensão a construção de dois documentários em longa-metragens; 1) O Caminho Fica Longe - sobre o retorno do fotógrafo João Roberto Ripper nas comunidades quilombolas da Serra do Espinhaço em Minas Gerais. 2) Uma Amazônia de teus olhos - sobre os chamados Grandes Projetos de desenvolvimento na Amazônia (Tucuruí, Carajás, Jari e Belo Monte) a partir do olhar crítico e contundente do jornalista e sociólogo Lúcio Flávio Pinto A Carga horária do projeto será dividida em duas partes. Uma primeira parte reservada aos grupos de estudo contínuo sobre os temas correlatos aos documentários - a composição destes grupos de estudos será conforme a sazonalidade e a disponibilidades dos estudantes e interessados, Pesquisa bibliográfica sobre os temas dos documentários - de forma ampla e específica. Formulação do argumento e roteiro de trabalho assim como da obra documental; a organização e escolha dos personagens a serem entrevistados, a realização das entrevistas, a decupagem das mesmas, a construção da linha narrativa do filme, assim como a sua estética de narração. Montagem. A esta parte do processo de produção atribuiremos a carga horária de 650 horas. A segunda etapa do projeto está destinada a exibição, montagem de Mostra e seminário, de oficinas de qualificação da construção do áudio visual documental, minicursos. A esta etapa está reservada a carga horária de 250 horas.