SFP

Pré Universitario Popular Práxis (Cópia) 21-12-2015

I) Alcançar um padrão de qualidade educacional - a despeito da enorme quantidade de matéria para o vestibular, é imprescindível não deixar para segundo plano os objetivos educacionais relevantes, sendo um deles a ênfase em conceitos relevantes que possibilitarão níveis de interpretação mais abrangentes e aprofundados, evitando as memorizações intermináveis II) Ensinar os alunos a aprender a aprender - o trabalho dá ênfase em livros, obras de referência, artigos especializados, fontes primárias, documentos e relatos, sempre que possível e não em apostilas de pré-vestibulares, eivadas de erro

Ações de valorização e acompanhamento escolar da aldeia guarani Ara Howy

Este projeto visa acompanhar e apoiar os processos de ensino e aprendizagem escolares na aldeia guarani Ara Howy, localizada no município de Maricá, assim como fortalecer a formação dos profissionais da educação básica mais sensíveis às demandas interculturais indígenas; contribuindo assim, para a ampliação e consolidação do pensamento crítico estratégico e o desenvolvimento da educação pública diferenciada e intercultural, conforme a legislação vigente.

O Aleph em revista 2016: uma estrada eletrônica

O projeto é uma iniciativa do Aleph: Programa de Pesquisa, Aprendizagem-Ensinagem e Extensão/UFF, mas hoje conta com parcerias de diferentes grupos de pesquisa em diversas Universidades no Brasil e no mundo. Desejamos evocar movimentos que desde muito lavraram as margens da história, empenhados em contribuir para a construção de uma outra sociedade e uma outra escola em que prevaleçam os movimentos de solidariedade e includência da vida. A categoria central, instituintes, é sua síntese.

O Aleph em revista 2016: dando início a novos caminhos

O projeto é uma iniciativa do Aleph: Programa de Pesquisa, Aprendizagem-Ensinagem e Extensão/UFF e conta com parcerias de diferentes grupos de pesquisa em diversas Universidades no Brasil e no mundo. Desejamos acompanhar os trajetos daqueles que acreditam, como Deleuze, que: não há obra que não indique uma saída para a vida, que não trace um caminho entre as pedras e por isso mesmo, buscam saídas para as armadilhas de práticas fascistas que naturalizam engrenagens que emperram movimentos de transformação, justificados por verdades absolutas.

Etnoeducação: Formação de Professores, Memória e Patrimônio

Iniciado em 2014, esse projeto se vincula ao Programa Educação Patrimonial em Oriximiná, desenvolvido no âmbito do IPSi, FE e IHS. Realizado por docentes e alunos da UFF de diferentes cursos, o programa se iniciou em 2008. Ele se constitui numa experiência teórico-metodológica transdisciplinar de pesquisa/intervenção, de formação de professores denominada Etnoeducação e que ocorre no âmbito da rede pública municipal de educação em Oriximiná/Pa. Caracteriza-se por ações articuladas e processuais que se efetivam na interface entre a educação, a cultura local e a etnografia.