MFE

SEMINÁRIO DE HISTÓRIA, MEMÓRIA E PATRIMÔNIO CULTURAL DA ENFERMAGEM

O que vem sendo feito pelo patrimônio cultural da Enfermagem? Quem está preservando a sua memória? Onde e como essas atividades se dão? O objetivo do Seminário é refletir sobre a importância de se salvaguardar a memória da Enfermagem, no contexto das instituições de ensino, de trabalho e de representação classista; destacando as iniciativas e os avanços na recuperação, preservação e divulgação à sociedade do seu valioso acervo histórico e patrimonial.

PROJETO VIDA SEM LEITE: Gestão de Segurança na Alergia Alimentar

O projeto Vida Sem Leite-UFF, é uma iniciativa que surge da experiência e vivência da docente Coordenadora e Enfermeira Ana Karine Brum, hj colaboradora do movimento Põe no Rótulo(amplamente divulgado na mídia e redes sociais, que ao longo de 10 anos de dedicação aos cuidados dispensados a seu filho, buscou investigar profundamente estudos internacionalmente, verificando a ausência no Brasil de iniciativas inclusivas para aqueles que vivenciam a ALERGIA À PROTEÍNA DO LEITE DE VACA.

GERÊNCIA DO CUIDADO DE ENFERMAGEM A PACIENTES PORTADORES DE LESÕES CUTÂNEAS - 2016

A atenção integral e articulada de assistência à saúde de baixa, média e alta complexidade requer a implementação de ações de educação e promoção à saúde e de educação permanente dos profissionais de enfermagem e da equipe de saúde com vistas à capacitação para a prestação de cuidados preventivos e curativos, individuais e coletivos a clientes portadores e/ou com risco potencial de desenvolver lesões cutâneas.

Consulta de Enfermagem Sistematizada ao Paciente com Insuficiência Cardíaca (Cópia) 04-02-2016

Insuficiência cardíaca (IC) traduz a falência da prevenção e do tratamento das cardiopatias. Por existir baixa aderência à terapêutica, busca-se estratégias para a melhoria da efetividade terapêutica como as medidas educativas, o suporte social, o fornecimento da medicação, a reabilitação, e o conjunto destas medidas integradas, interdisciplinares. O conjunto destas medidas integradas, interdisciplinares nas clínicas especializadas de IC -melhoram a qualidade de vida e reduzem internações.

VISITA DOMICILIAR AO PACIENTE COM INSUFICIÊNCIA CARDÍACA (Cópia) 04-02-2015 (Cópia) 04-02-2016

Trata-se de uma prestação de serviços a pacientes com insuficiência cardíaca em seus domicílios. Tem como objetivo implementar o cuidado domiciliar fornecendo subsídios para reforçar medidas não farmacológicas que melhorem a qualidade de vida dos mesmos e maior adesão as medidas farmacológicas. A implementação permite a identificação e compreensão das respostas desses pacientes aos problemas de saúde reais e potenciais, facilitando a escolha de intervenções direcionadas aos resultados esperados.

Clínica de Insuficiência Cardíaca Coração Valente (Cópia) 07-02-2014 (Cópia) 06-02-2015 (Cópia) 04-02-2016

Insuficiência cardíaca (IC) traduz a falência da prevenção e do tratamento das cardiopatias. Apresenta elevada prevalência, incidência, morbidade e mortalidade e onera o SUS. Por existir baixa aderência à terapêutica, busca-se estratégias para a melhoria da efetividade terapêutica como as medidas educativas, o suporte social, o fornecimento da medicação, a reabilitação, e o conjunto destas medidas integradas e interdisciplinares.

Conhecer, Educar e Aprender: adote esta ideia para o controle da tuberculose e de doenças respiratórias crônicas no Estado do Rio de Janeiro (Cópia) 06-02-2015 (Cópia) 04-02-2016

A tuberculose é um problema de saúde pública mundial e considerado prioritário no Brasil, que juntamente com outros 21 países em desenvolvimento, albergam 80% dos casos mundiais da doença. Neste contexto, a iniciativa The Global Plan to Stop Tuberculosis 2011-2015, proposta pela OMS, tem como objetivo reduzir drasticamente a carga da doença, pela metade, a incidência e a mortalidade por TB até 2015 e eliminar a tuberculose como problema de saúde pública até 2050.

Cuidados a Pessoa com Doença de Alzheimer – Blog interativo

Este projeto de extensão surgiu da importância dos cuidados de enfermagem desenvolvidos a pessoa com Doença de Alzheimer e outros transtornos demenciais e emergiu das preocupações crescentes com as estratégias e as ações de saúde e o desenvolvimento e implementação de políticas de saúde voltadas especificamente a pessoa com a Doença de Alzheimer.

Prevenção, Avaliação e Tratamento de Feridas no Hospital Universitário Antônio Pedro/UFF. (Cópia) 03-01-2012 (Cópia) 04-02-2013 (Cópia) 12-02-2014 (Cópia) 22-01-2016

A ação tem como proposta desenvolver atividades assistenciais junto aos clientes , e de ensino junto aos profissionais e acadêmicos da área de saúde do HUAP/UFF e de outras instituições. Estas visam principalmente a prevenção de úlceras por pressão e o tratamento de feridas complexas/afecções cutâneas. As úlceras por pressão representam um problema recorrente no cotidiano das instituições de saúde. Nesse, sentido, destaca-se a importância da avaliação personalizada do cliente, mediante a aplicação de escala de avaliação de risco (Escala de Braden), além de protocolos de tratamento.