MEP

Promovendo a saúde mental de estudantes de graduação

A saúde mental, saúde física e a social são fios da vida estreitamente entrelaçados e profundamente interdependentes. À medida que cresce a compreensão desse relacionamento, torna-se cada vez mais evidente que a saúde mental é indispensável para o bem-estar geral dos indivíduos e das sociedades. A importância da saúde mental é reconhecida pela OMS, na sua própria definição de saúde, como um estado de completo bem-estar físico, mental e social.

O BRINCAR NO CUIDADO DA CRIANÇA HOSPITALIZADA (Cópia) 05-02-2016

A hospitalização infantil é uma experiência estressante que envolve necessidade de adaptação da criança às várias mudanças que acontecem no seu cotidiano. Ela pode ser submetida a diferentes procedimentos invasivos e dolorosos. Os profissionais envolvidos no cuidado precisam buscar recursos para melhor as crianças, respeitando seu nível de desenvolvimento e linguagem. Brincar é importante para a criança, e a equipe profissional deve reconhecer essa necessidade, propiciar meios para sua realização e incorporá-la ao cuidado diário.

Apromiramento profissional em enfermagem obstetrica

Proposta interunidades (EEAAC e PURO) que busca reflexão da atenção obstetrica sobre as tecnologias e as ações de saúde utilizadas por profissionais de enfermagem que, baseados em evidencias cientificas, desenvolvem cuidados de saúde à mulher, recem nascido e familia, optando pela não medicalização naquilo que realizam. Contudo, devido ao avanço cientifico, torna-se necessário atualização ética, legal e assistencial sobre procedimentos de enfermagem baseados nas boas práticas obstetricas que permitam a cidadania da mulher, assegurem sua individualidade e respeito ao parto e nascimento.

Espaço aberto para a saúde

Programação de saúde e cidadania-denominada: Espaço Aberto Para Saúde pretende abarcar um conjunto de três programas de exibição mensal para divulgação no canal universitário, a saber: 1 Espaço aberto para saúde – debates de temas sobre saúde, ciência e cidadania com entrevistados especiais, professores da Uff, pesquisadores e bolsistas envolvidos em projetos da área de atendimento à comunidade.

Qualidade de vida e bem-estar de trabalhadores de colégio universitário

Conhecer fatores relacionados à qualidade de vida e à saúde de professores e profissionais de apoio de um colégio universitário, observando a ocorrência de transtornos, síndromes ou distúrbios que possam reduzir o bem-estar do profissional, assim como conhecer a percepção deste sobre a influência do ambiente laboral em sua vida. A ideia principal é coletar informações e retornar ao grupo, por meio de palestraras suas maiores vulnerabilidades.

O uso de drogas entre acadêmicos do curso de graduação em Enfermagem da Universidade Federal Fluminense

Pesquisas tem demonstrado que o período universitário é considerado como crítico para o início e manutenção do uso abusivo prejudicial de álcool e outras drogas. Vale ressaltar que este período coincide com o término da adolescência e início da vida adulta, período marcado por mudanças significativas na vida das pessoas. O ingresso na universidade muitas vezes está atrelado a mudanças de hábitos de vida culturais e sociais, diferença no padrão de consumo, afastamento de familiares, inserção em outras redes sociais, adaptação a novas formas de aprendizado e avaliação, entre outras.